The Postproduced Archive

Sample. Stack. Remix.

Beatriz Ramos

Sinopse

Partindo do conceito de ‘pós-produção’, definido por Nicolas Bourriaud, The Postproduced Archive evidencia o modo como um conjunto de obras de arte e design podem ser criadas com base em trabalhos preexistentes. De acordo com o autor, um crescente número de artistas e designers reinterpreta, reproduz, reexpõe ou reutiliza obras produzidas por outrem, enquanto matéria cultural disponível para a criação dos seus próprios projectos.

 

The Postproduced Archive explora, tanto a nível conceptual como a nível formal, os conceitos inerentes à pós-produção enquanto estratégias criativas, tais como apropriação, sampling e remistura. Através das suas componentes online e impressa, propõe ao utilizador a possibilidade de participar num processo de construção que origina resultados distintos. Tendo como ponto de partida um arquivo de projectos editoriais diversos que espelham o tema, o utilizador pode definir um objecto impresso personalizado através da selecção dos conteúdos disponíveis (via Print on Demand) como uma extensão pós-produzida do arquivo.

 

Desta forma, o arquivo online pode ser visto como um objecto mutável que o artefacto impresso personalizado procura complementar, tanto ao nível do meio como da dinâmica de publicação. Assim, o projecto constitui-se como uma reflexão sobre a noção de pós-produção, materializada na exploração, selecção e recontextualização de conteúdos que constituem uma publicação única.

the web

pós-produção
apropriação
sampling
remistura
publicação